Convenção Coletiva

Convenção ColetivaConvenções Coletivas de trabalho.
Clique aqui para baixar

Atendimento

Atendimento

Federação dos Empregados no Comércio de Bens e de Serviços do Norte e do Nordeste

Eletro Shopping condenada por haver acusado comerciaria de roubo

A empresa Eletro Shopping - filial Garanhuns/PE, foi condenada a pagar a uma ex-empregada indenização por danos morais no valor de R$ 15 mil, que foi acusada pelo gerente do estabelecimento de roubo de aparelhos de celulares.

A ofensa promovida pelo preposto do empregador foi repelida pela Justiça do Trabalho. "O Poder Judiciário não pode aceitar como desprovido de dolo o comportamento da Empregadora, ao assim proceder.

Tal comportamento revela, assim, lesão à dignidade da pessoa, que merece todo o respeito mesmo na condição de acusada, suspeita, testemunha ou até culpada. Macula sua imagem, lança nódoa sobre sua honra, abala sua estrutura psicológica. A configuração do dano contra a Reclamante é inequívoca, sendo ônus da Reclamada, que nega a lesão, a prova de que a atitude hostil praticada não lhe trouxe vergonha, constrangimento, medo, sensação de perigo, tudo atingindo sua imagem, honra e dignidade pessoal", relata o acórdão do TRT 6, cuja relatora foi a Desembargadora Eneida Melo.

A trabalhadora teve total assistência do Sindicato dos Comerciários de Garanhuns, através do seu Departamento Jurídico, tendo a frente o Dr. José Tavares Gonçalves.O Presidente do sindicato, o companheiro Adjamiro Lopes, relata que em vários outros processos, o sindicato tem obtidos contra condutas irregulares da referida Empresa.

Segundo Adjamiro, "hoje a assistência ao trabalhador no Comércio de Garanhuns em especial a assistência trabalhista ao trabalhador, é uma referência na cidade, a comprovação disso é a crescente procura dos trabalhadores no comércio ao departamento jurídico e também de outras categorias".
Processo 0000645-66.2011.5.06.0351

Publicado em 30/09/2014 | por Feconeste

Página Inicial